Nova Andradina - MS Busca
Aliança

Toyota passa a ter 20% da Subaru e se torna a maior acionista da empresa

Empresas renovaram termos da aliança, com troca de ações de R$ 3,07 bilhões. No mês passado, Toyota já havia adquirido 5% de outra marca japonesa, a Suzuki.

10:25 - 01 out 2019 | Por Auto Esporte - G1

Toyota compra mais ações da Subaru, e se torna maior acionista da empresa — Foto: AP Photo/Shizuo Kambayashi

As fabricantes japonesas Toyota e Subaru modificaram os termos de sua aliança, firmada em 2005. O novo acordo foi divulgado na última sexta-feira (27) e inclui a compra de 80 bilhões de ienes de ações entre as empresas. Na cotação do dia, a quantia é equivalente a R$ 3,07 bilhões.

Com a movimentação, a Toyota passa a ser dona de 20% da Subaru, e se torna a maior acionista da empresa. Até então, a participação era de cerca de 17%.

O comunicado divulgado pela fabricantes também diz que a Subaru adquiriu valor semelhante em ações da Toyota, mas não especificou quanto isso representa em participação.

Subaru e Toyota irão cooperar no desenvolvimento de carros com tração integral — Foto: André Paixão/G1

O novo acordo também prevê que a Subaru se torne uma afiliada da Toyota.

Além disso, o desenvolvimento conjunto de veículos será reforçado, como uma nova geração dos esportivos 86 (da Toyota) e BRZ (Subaru), o uso do sistema híbrido da Toyota em modelos da Subaru, além de melhorar a competitividade das duas fabricantes com uma escala maior de produção.

No último ano, a Toyota vendeu cerca de 10 milhões de veículos em todo o mundo, enquanto a Subaru comercializou aproximadamente 1 milhão de automóveis.

Toyota 86 teve nova geração confirmada — Foto: Divulgação

Aliança com a Suzuki
Há um mês, a Toyota já havia anunciado um acordo de participação cruzada com a Suzuki, outra fabricante japonesa.

Este acordo prevê a compra de 5% da Suzuki pela Toyota, pelo equivalente a R$ 3,8 bilhões. Em contrapartida, a Suzuki adquiriu 0,2% da Toyota, pagando R$ 1,9 bilhão.

Segundo o comunicado divulgado pelas duas fabricantes, a aliança promoverá o compartilhamento de tecnologias, colaborações na produção e desenvolvimento conjunto de novos produtos.

*Informações Auto Esporte – G1