Nova Andradina - MS Busca
Batayporã

Vereadores de Batayporã “quebra-pau” na porta da delegacia

Vereador Germino Roz registrou boletim de ocorrência contra colega Cabo Máximo, líder do prefeito Jorge Takahashi na Câmara

13:40 - 25 jun 2019 | Por Jornal da Nova

Vereadores Germino Roz e Cabo Máximo / Imagens: Arquivo/CMB/Divulgação

Um debate entre os vereadores de Batayporã, no plenarinho da Casa de Leis, nesta terça-feira (25), terminou em um “quebra-pau” que foi parar na porta da Delegacia de Polícia Civil do Município.

Na ocasião, os parlamentares debatiam a respeito do preço de um terreno que a Prefeitura está projetando adquirir, momento em que o vereador Cabo Máximo (MDB), líder do prefeito Jorge Takahashi (MDB) na Casa, “peitou” o colega Germino Roz (PR).
A agressão, a princípio “uma peitada no nariz”, motivou o republicano a procurar a Delegacia, que funciona ao lado da Câmara, para registrar a ocorrência munido de um vídeo, “mas foi seguido pela pessoa do vereador Máximo”.

De acordo com o registro policial, enquanto tentava contato com o delegado, Germino foi surpreendido pelo emedebista, que teria lhe aplicado uma rasteira, exclamando: “você me filmou, você me filmou”.

Ao mesmo tempo, segundo o boletim de ocorrência, Cabo Máximo desferia socos na cabeça e nas costas de Germino, que ficou caído ao chão. Populares e servidores presenciaram a cena, que só terminou quando a porta da delegacia foi aberta.

Em contato com Jornal da Nova, Germino informou que irá fazer exame de corpo de delito e ingressar com pedido de quebra de decoro contra Máximo. O Jornal também tentou contato com o vereador do MDB, mas o parlamentar não atendeu e nem retornou as ligações.

(*Informações Jornal da Nova)