Capital

Policiais são presos acusados de cobrar propina para liberar contrabando

Caminhão estava carregado com cigarros e policiais foram presos em ação do Gaeco

10h:40min - 03 dez 2017 Por Redação

Dois policiais militares foram presos na noite de sexta-feira em Campo Grande por suspeita de exigirem mais de R$ 150 mil para liberar o motorista de um caminhão carregado com contrabando. O fato, segundo o portal do jornal Correio do Estado, ocorreu no bairro Tarumã.

A prisão aconteceu na Avenida Gunter Hans, por volta das 20h, após denúncia de que o cabo da Polícia Militar Rafael Marques da Costa, 28, e o sargento Alex Duarte de Aguir, 38, estavam exigindo dinheiro para liberar o caminhão, que estava carregado com cigarro contrabandeado.

Equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Batalhão de Choque da Polícia Militar foram ao local e confirmaram a denúncia.

Ainda segundo o Correio do Estado, os policiais foram presos em flagrante pelo crime de corrupção passiva.

A Corregedoria da PM finalizou o flagrante e acompanha o caso, enquanto os envolvidos serão encaminhados para o Presídio Militar.

Motorista do caminhão também foi preso e o veículo, com o contrabando de cigarros apreendidos, foram encaminhados para à Polícia Federal. Investigação segue em sigilo.

Ver todas as notícias