Nova Andradina - MS Busca
Geral

Morre ex-prefeito e ex-senador Juvêncio César da Fonseca

Ele estava internado há dois meses por conta de infecção, no Proncor em Campo Grande

08:52 - 14 dez 2019 | Por JD1Notícias

O ex-prefeito de Campo Grande e ex-senador Juvêncio César da Fonseca, 84 anos, morreu nesta madrugada de sábado (14) após dois meses internado no Proncor na capital.

A morte foi confirmada pela esposa, Suely Brandão, ao JD1 Notícias. Segundo a viúva, Juvêncio lutava contra osteomelite, infecção no osso causada por bactérias ou fungos, há 11 anos e apneia.

O velório está acontecendo desde às 8h no cemitério Parque das Primaveras e o sepultamento está previsto para às 15h30.

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB-MS) publicou uma nota lamentando a morte do também advogado.

O presidente da Ordem, Mansour Elias Karmouche, disse que Juvêncio prestou relevantes serviços à classe e sociedade. “Lamentamos muito e estamos profundamente consternados pelo passamento do advogado Juvêncio. Ele ocupou diversos cargos públicos, atuou como Defensor Público e depois foi à política. Em todas as suas atribuições dignificou tanto a profissão quanto a sociedade. É com profundo pesar que a OAB/MS registra esse fato triste nesta data”

Carreira

Juvêncio era nascido em Campo Grande, em 1935, mas formado em Direito pela Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro. Em 1983 elegeu-se vereador e foi prefeito de Campo Grande em dois mandatos, de 1986-1988 e de 1993 a 1996.

Três anos depois, foi eleito senador até 2007. Ele também atuou como assessor especial do então governador André Puccinelli (MDB).

Durante a carreira política, integrou o PMDB, passando pelo PDT, o PFL (atual Democratas) e, atualmente, estava filiado ao PSDB.