Lançamento da Campanha Agosto Lilás marca 12 anos da Lei Maria da Penha - Jornal Imagem
sexta-feira, 17 de agosto de 2018
Nova Andradina - MS
Geral

Lançamento da Campanha Agosto Lilás marca 12 anos da Lei Maria da Penha

Campanha vai levar informações e ações sobre o combate à violência contra a mulher durante todo o mês de agosto

09h:33min - 09 ago 2018 Por Assessoria

No dia em que o país comemora 12 anos de sanção da Lei Maria da Penha, 7 de agosto, foi lançada oficialmente em Nova Andradina a campanha Agosto Lilás, que visa conscientizar a sociedade sobre a violência doméstica contra a mulher com a participação ampla da sociedade civil e instituições públicas.

A solenidade ocorreu no plenário da Câmara de Vereadores, com forte presença de universitários e estudantes do ensino médio das escolas estaduais, representantes de entidades e projetos sociais do município, do Conviver e Rotary Clube.

Todas as autoridades que fizeram parte da mesa usaram a palavra. A tônica dos discursos girou em torno da temática central da campanha deste ano, cuja frase é “A vida tem sempre um recomeço se você quebrar o silêncio, que expõe a importância de sensibilizar crianças, adolescentes, professores, famílias e a sociedade como um todo a denunciar atos de violência contra a mulher.

Para a representante da secretaria estadual da educação, Silvia dos Santos, “é um momento de união para combater um mal que se agrava e nada melhor do que educar nossas crianças e adolescentes para que saibam se colocar no lugar no outro, respeitar e ser respeitado, amar e ser amado. É um trabalho que deve ser feito em conjunto, com a escola, família, comunidade, igrejas, pastorais, governo e a sociedade, responsável pela execução das políticas públicas. Não é uma luta em vão. Enquanto acreditarmos no ser humano e enquanto houver amor, vamos vencer”.

Em nome da OAB, a advogada Etiene Chagas lembrou que durante muitos anos as autoridades, inclusive as de direito, se calaram diante deste problema social. “Porém, após 12 anos da lei Maria da Penha temos uma sociedade unida no combate a violência doméstica. Então, que nunca venhamos nos calar e possamos ser os primeiros a tomar atitude em favor desta causa”, frisou a presidente da OAB.

O coordenador do curso de direito da Uniesp, Stenio Parron, disse que é um privilégio participar deste projeto e que todos os acadêmicos realizarão um trabalho voluntário nas escolas, através do Projeto Maria da Penha vai à Escola, quando irão ministrar palestras para estudantes de escolas públicas e particulares. “No ano passado, participamos pela primeira vez desta iniciativa e fiquei satisfeito com o desempenho de nossos acadêmicos. Tenho certeza que sementes foram lançadas e, talvez, vidas foram salvas com este projeto. Quero parabenizar o governo municipal pelo envolvido e agradecer pela confiança, em especial, aos nossos estudantes”, declarou.

Parceiro nesta Campanha, o promotor Alexandre Rosa Luz, acredita que não é por meio das condenações pontuais, ainda que necessárias, que será possível mudar a realidade. “Vamos mudar conscientizando a população, nos conscientizando, analisando nossos próprios atos. Precisamos combater a violência nos nossos lares com educação, com reflexão, agregando conhecimentos. Louvo esta iniciativa da campanha Agosto Lilás. Este é o caminho. Sucesso a todos os envolvidos”.

Ao citar o caso de uma mulher que a procurou dizendo ser vítima de violência, a primeira dama e vereadora Joana Darc Bono Garcia, alertou que muitas mulheres, por medo, estão sofrendo caladas dentro de suas casas. “Isso, infelizmente é uma realidade em muitos lares. Porém, Nova Andradina está a frente de muitas cidades no enfrentamento a esta realidade. Temos uma rede de proteção à mulher muito atuante, que está preparada e trabalha de forma integrada, isso é fundamental”, analisou a primeira dama.

Coube a secretária Julliana Ortega encerrar os discursos das autoridades. Como responsável pela articulação de todas as ações do Agosto Lilás e do carro chefe da Campanha que é o programa Maria da Penha Vai à Escola, Ortega enalteceu a importância de todos os envolvidos, da sua equipe de trabalho e do apoio incondicional do prefeito Gilberto Garcia e das demais secretarias para os próximos meses de atividades. “A programação se estenderá por todo o mês de agosto com ações de mobilização, palestras, debates, encontros e panfletagens. É um trabalho que depende de todos nós. Obrigada por contar com cada um de vocês. Que possamos ser e fazer a diferença”, ressaltou a secretária.

A solenidade foi encerrada com a apresentação da palestra sobre a implantação do Programa Mulher Segura, ministrada pelo comandante do 8° Batalhão da Policia Militar, tenente coronel Josafá Dominoni. A noite foi abrilhantada ainda com apresentações culturais do Conviver e dos cantores Alex Pires e Isadora.

Mesa de autoridades

A mesa de autoridades contou com a participação da secretária de Políticas Públicas para a Mulher, Julliana Ortega, da representante da Câmara no ato, a vereadora e primeira dama Joana Darc Bono Garcia, tenente coronel Josafá Pereira Dominoni, comandante do 8°BPM, juiz de direito, Walter Arthur Alge Neto, promotor de justiça da Vara de Combate a Violência Doméstica, Alexandre Rosa Luz, a delegada titular da DAM, Daniela de Oliveira Nunes, e da vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Eudênia Pereira da Silva.

Outros parceiros ocuparam a plataforma de honra como a subsecretária municipal de Cidadania e Assistência Social, Sonia Cristina Rodrigues Amaral, a coordenadora regional da educação, Silvia Maria dos Santos, coordenador do cursos de direito da Uniesp, Estenio Ferreira Parron, presidente da OAB, Etiene Cintia Ferreira Chagas e o vereador Vailton Sordi (Amarelinho).

Parcerias

As ações do Agosto Lilás contam com inúmeras parcerias importantes, sendo: Centro de Atendimento à Mulher (CAM), Legislativo, Delegacia de Atendimento à Mulher, Delegacia de Polícia Civil, Ministério Público, Policia Militar, Coordenadoria Regional de Educação, Ordem dos Advogados (OAB), UNIESP, Conselho dos Direitos da Mulher, Coordenadoria Geral de Comunicação (COGECOM), Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMCIAS), Centros de Referência e Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (SEMEC), Secretaria Estadual da Educação (SED), Corpo de Bombeiros, Defensoria Pública, Judiciário e Vale Renda.

 

Deixe seu comentário

Ver todas as notícias