Nova Andradina - MS Busca
Geral

Carro Fumacê começa a percorrer bairros de Nova Andradina para combater mosquito

Trabalho segue até domingo. Saúde orienta à população sobre como proceder durante a aplicação do inseticida

11:32 - 14 mar 2019 | Por Assessoria

Com o objetivo de prevenir a proliferação dos focos do mosquito aedes aegypti, a Secretaria Municipal de Saúde de Nova Andradina iniciou na tarde desta quarta-feira (13) aplicações espaciais de inseticida com o carro fumacê.

A programação se estenderá até o dia 17 e contemplará bairros onde foram identificados focos do mosquito que transmite a dengue, Zika vírus e chikungunya durante as visitas domiciliares e pela situação de infestação de áreas críticas monitoradas.

O veículo já circulou no bairro Capilé. Nesta manhã, segue para outras a Vila Operária e bairro São Vicente, conforme da demanda identificada pela equipe de vigilância epidemiológica da saúde municipal.

O fumacê é um carro que pulveriza o inseticida em névoa e mata os insetos adultos enquanto estão voando. O mosquito, da família dos culicídeos, tem hábitos específicos e tem sua maior atividade no crepúsculo.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde, Lúcio Roberto Tolentino, a nebulização veicular está sendo feita onde e há maior número de notificações de dengue.

O secretário da pasta, Arion Aislan, disse que este veículo foi cedido pela SES (Secretaria de Estado da Saúde) para a realização deste trabalho de combate ao mosquito. Porém, as visitas domiciliares seguem sendo realizadas pelos agentes para orientação da população e retirada de materiais que possam acumular água. “Diariamente são feitas visitas domiciliares como forma estratégica de combater os focos da doença.” Essas visitas são feitas também nas borracharias, ferros-velhos, cemitério e floriculturas”, informa o titular da pasta.

Orientações à população

A Secretaria Municipal de Saúde orienta que a população deixe portas e janelas abertas quando o veículo do fumacê passar pela rua. Assim, as gotículas do inseticida chegarão até o interior da residência, onde normalmente o Aedes aegypti se abriga.

Além disso, é interessante cobrir com plástico ou tecido gaiolas de pássaros, lavar com água e sabão os bebedouros de animais após a aplicação do inseticida e manter-se longe do veículo enquanto estiver realizando os trabalhos. Pessoas acamadas, recém-nascidos e alérgicos devem sair da área de aplicação ou permanecer em um cômodo da casa, com a porta fechada e um pano úmido na soleira da porta.

Em caso de chuva ou vento forte, o serviço terá que ser suspenso, pois tais condições compromete a eficácia do mesmo.