Nova Andradina - MS Busca
Simted

Assembleia da educação define proposta de reajuste salarial e novas mobilizações

11:05 - 14 abr 2019 | Por Assessoria

discutem reforma da previdência, plano de saúde, reformulação estatutária, entre outros temas

Os trabalhadores em educação da rede municipal filiados ao Simted de Nova Andradina se reuniram nesta quinta-feira (11) para dar encaminhamento sobre reajuste salarial, reformulação estatutária da carreira, chamada de concurso público e outras propostas que vem sendo discutidas com a gestão do prefeito Gilberto Garcia desde o início deste ano. Além da pauta local, a reforma da previdência, proposta pelo governo Bolsonaro, também foi debatida pela categoria.

Reforma da Previdência – centrais sindicais já preparam outra grande manifestação para o mês de maio

Mais uma vez conduzindo a assembleia, o presidente do Sindicato, Edson Granato, abriu a reunião parabenizando os associados pela grande adesão à mobilização nacional contra a reforma da previdência. “Mato Grosso do Sul foi um dos estados que mais levaram pessoas para as ruas e Nova Andradina contribuiu para engrossar este movimento em defesa dos direitos dos trabalhadores”, declarou o sindicalista, pedindo o apoio para novas mobilizações.

“Não podemos parar, pois o projeto de lei ainda está no congresso, para apreciação dos deputados. Temos que continuar pressionando. As centrais sindicais já preparam outra grande manifestação para o mês de maio. Não podemos recuar. Com a união de todos vamos conseguir barrar a aprovação desta reforma, que na verdade, representa o fim da aposentadoria dos trabalhadores”, informa Edson Granato.

Outra iniciativa acordada é a realização de um seminário/audiência pública sobre a reforma da previdência, organizada com o apoio da Fetems na Câmara Municipal no dia 2 de maio, às 19 horas. O evento é destinado a toda classe trabalhadora e tem como objetivo apresentar e tirar dúvidas sobre a proposta apresentada pelo governo Bolsonaro.

Chamada para o concurso público da Prefeitura de Nova Andradina

A Prefeitura de Nova Andradina está realizando a convocação dos aprovados nos concursos públicos (antigo/novo), mediante as vagas existentes. A chamada para os cargos de pedagogo e educador social estão suspensas até o parecer definitivo do Ministério Público.  Qualquer dúvida sobre o assunto, os interessados devem procurar o Simted.

Negociação Salarial e Plano de Saúde – nova reunião está agendada para o dia 23 de abril

Na assembleia ficou definido que, neste momento de negociação salarial com o governo municipal, a categoria vai centralizar a discussão na proposta de reajuste da categoria atrelado a reestruturação do plano de carreira, de acordo com a planilha apresentada pelo Simted ao prefeito Gilberto Garcia e ao secretário Fábio Zanata.

O Simted cobra o reajuste referente ao piso salarial nacional de 2019 e a diferença do ano do passado. Já as discussões sobre o plano de saúde devem ficar para outro momento. “É uma proposta de campanha do prefeito, que a categoria não descarta, porém, isso deve ficar em segundo plano”, pontua Edson.

Com relação a reestruturação da carreira do magistério municipal, a Secretaria de Educação e o setor de recursos humanos concluíram o levantamento do impacto financeiro na folha salarial e confirmaram que o repasse do Fundeb teve um aumento de aproximadamente R$ 1 milhão em relação ano anterior. Diante dessas informações, a administração considera viável a implantação deste benefício para os trabalhadores em educação.

A próxima reunião com o prefeito está agendada para o dia 23 de abril, quando o Simted espera que o prefeito dê um sinal verde para mais essas conquistas da categoria.

Professor com 2 cargos

Após reunião entre Simted, governo e Previna ficou definido que os professores com dois cargos poderão entrar com processo junto ao Instituto de Previdência de Nova Andradina. Se for indeferido o pedido, o Sindicato vai entrar com Mandato de Segurança para garantir o benefício.

Também está programada uma audiência pública para promover um debate sobre a questão da averbação automática e a certidão não fornecida pelo INSS, referente ao 2° cargo.